Valores das bandeiras tarifárias são atualizados



A bandeira verde, assim como em anos anteriores, não terá custo para o consumidor e servirá para sinalizar condições favoráveis de geração de energia.


O recálculo retorna à metodologia seguida pelas bandeiras tarifárias desde 2016, na qual a bandeira vermelha patamar 2 cobre 95% dos eventos históricos conhecidos (e não 100% como no segundo semestre de 2021).


O acréscimo verificado nos valores se deve, entre outros,


(i) os dados do mercado de compra de energia durante o período de escassez hídrica em 2021,


(ii) o custo do despacho térmico em razão da alta do custo dos combustíveis e


(iii) a correção monetária pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que fechou 2021 com aumento de 10,06%.(Site Aneel – 21.06.2022)




Saiba mais no site da Aneel:

https://www.gov.br/aneel/pt-br/assuntos/noticias/2022/valores-das-bandeiras-tarifarias-sao-atualizados-para-o-periodo-2022-2023


Nossa energia é pra frente!

20 visualizações